.

.

woensdag 31 januari 2018

Parece guerra

... Nós o chamamos de 'fertilizante', mas na verdade devemos falar sobre a 'actividade biológica', ou o 'actividade do solo'

Na verdade, o composto é a energia para a bactéria no solo, é o alimento para a bactéria. E essa ação da bactéria... esta 'quebra' do solo... esta liberação de minerais do solo é o alimento real para as plantas.

Nosso solo contém muitas pedras... Um tremendo suprimento de minerais.
As bactérias utilizam o composto (o carbono) para liberar os minerais do solo para construir seu próprio corpo bacteriano. Essas bactérias são então consumidas por outras bactérias. E aquelas novamente por outras bactérias (de 'fileiras mais altas'). A própria planta também desempenha um papel importante (na dissolução dos minerais) por meio das enzimas de sua extração da raiz da planta. Este processo ocorre muito próximo das raízes. E a própria planta determina o que faz, então o que ele usa é o suprimento disponível de alimentos no solo.
É assim que a planta obtém seus minerais... e agora há 12... 24... 42+ minerais essenciais conhecidos. Os minerais mais conhecidos são NPK (nitrogénio, fósforo e potássio): nitrogénio (N) para a folha, fósforo (P) para a raiz e flor, e potássio (K) para a firmeza da planta.
Muitas vezes percebemos que os vegetais orgânicos sabem naturalmente mais salgados do que não orgânicos. Pode haver mais (tipos de) minerais dentro da planta, dos quais o sal de potássio (K) é o mais conhecido.

Quanto mais atividade, mais alimentos estarão disponíveis do solo para a planta. Nós mesmos determinamos o que crescerá nesse solo. Aqui somos o chefe. Fazer uso do cultivo de leguminosas (feijão e ervilha) é um exemplo bem conhecido de trazer nitrogénio ao solo. As sequências de culturas inteligentes não foram inventadas por nada. Mas, principalmente, temos que cuidar da actividade do solo.

Parece guerra

Para ilustrar: Em primeiro lugar, há um grande grupo de bactérias que são as primeiras a iniciar a quebra (a liberação) de minerais e são em grandes número... e, portanto, têm muito poder, mas não estão cientes disso (assim como as pessoas). Os bacteriófagos então comem um grande número delas... só porque são maiores, mais fortes ou mais inteligentes (como as pessoas). Deve notar-se que as pessoas não devem comer outras pessoas, mas você entenderá:)
Quando a temperatura aumenta ou cai, ou com a seca, por exemplo, o próximo grupo de bactérias morrerá... (o clima é o mesmo tanto para as pessoas quanto para as bactérias). Então, há uma enorme guerra acontecendo lá embaixo. E é aí que as nossas plantas vivem.

Temos uma forte tendência a chamar a isso de 'fertilização'. Mas, principalmente, com 'fertilização', queremos dizer esterco animal, ou fertilizante artificial, e isso é algo totalmente diferente. Na verdade, o solo é seu fertilizante. Afinal, o solo é composto de minerais. É mineral.

Pegue o solo em sua mão... O que você está segurando? Qual é o material? Certo... minerais! E... se tudo está bem... contém muita matéria orgânica!

Como ser humano, somos tão bons em guerra... Com esse conhecimento, poderíamos entender o bem-estar das bactérias no solo. Talvez devêssemos deixar a guerra às bactérias...? Vamos brincar com a bactéria... em nossa própria horta... excitante! Jogue o 'Jogo de Minerais'.

*

Stella.

Assista ao vídeo por Elaine Ingham, 'The Roots of Your Profits'


Traduzi do inglês, usando o Google Tradutor, 
com grande ajuda do meu professor Sr. João Ghizoni.
Fevereiro 2018


Geen opmerkingen: